Renascer III e Campina da Vila ganham em breve duas Quadras Poliesportivas novinhas

22 07 2016

20160720_130545[1]

Em Cabedelo-PB, muito em breve, duas importantes comunidades receberão, completamente reconstruídas, suas respectivas quadras poliesportivas. As populações dos bairros do Renascer III e de Campina da Vila estão de parabéns. Afinal, se organizaram junto às suas lideranças, pleitearam ao Poder Público Municipal e agora poderão ver realizar-se mais esse sonho. Não foi uma luta fácil. Nem para conquistar, nem para atender ao pleito. Diante de tantas prioridades nas áreas de saúde, educação, infraestrutura de vias públicas, saneamento e segurança, e em plena crise econômica brasileira, como dar atenção ao que, antes, era considerado algo sem muita importância? Nunca havia recursos, nem muito menos interesse. Mas isso era antes…

20160720_130621[1]

20160720_122222[1]

O Bairro do Renascer III é um dos mais populosos de Cabedelo. No entanto, o único equipamento público para esporte e lazer, a Quadra Poliesportiva, estava abandonada, semi-destruída, sem equipamentos, se acabando sob sol e chuva. Compromisso firmado e eis que ela logo estará completamente reformada. Recebeu coberta e alambrados metálicos, novo piso e arquibancadas, banheiros e depósito de equipamentos refeitos. Seu entorno, na sequência, receberá nova ambientação, com playground, equipamentos de ginástica, jardins e áreas de convivência. Sem falar na nova iluminação interna e do entorno, bem como, novos equipamentos esportivos e sinalizações.

20160720_122258[1]

Em Campina da Vila, bairro próximo ao Centro de Cabedelo, não foi diferente. Tanto a praça onde está colocada, como a Quadra Poliesportiva foram totalmente reestruturadas e reequipadas. Neste caso, a coberta metálica antes existente estava por cair decorrente de oxidações e depredações. Era um ambiente até mesmo inseguro de se frequentar, disseram alguns moradores. Trata-se de um novo conceito de administração dos equipamentos públicos, conferindo-lhes aspecto moderno, acolhedor e seguro. Ampliação e renovação da iluminação permitindo o uso do equipamento diuturnamente, em meio a jardins e árvores podadas, entre outras replantadas. Falta muito pouco…

20160720_122148[1]

 

 

Nada é sem importância na vida na cidade. Bem-estar social, cultura, esporte e lazer, uma paisagem urbana acolhedora e bem cuidada fazem toda diferença no corre-corre da vida de hoje. Os recursos existem, poucos mas existem, e precisam estar a serviço de toda a população. E isso é obrigação do Poder Público: fazer chegar ao cidadão os benefícios que ele tem direito a partir da riqueza gerada pelo seu trabalho e contribuições. Eis um bom exemplo de bom gerenciamento dos recursos públicos.

Obs: Fotos colhidas em 20.07.2016

 

 

 





Cabedelo-PB amplia sua Rede de Atendimento à Atenção Básica

20 07 2016

20160720_123741[1]

As comunidades dos bairros de Camboinha e Portal do Poço, no município de Cabedelo-PB estão sendo prestigiadas, muito em breve, cada uma com sua Unidade de Saúde da Família(USF). São a UBS I Jardim Atlântico e a UBS Portal do Poço, respectivamente. São prédios novíssimos dentro do que exige o Ministério da Saúde(MS) e que devem ser inaugurados até o mês de setembro de 2016, no mais tardar. As edificações estão praticamente prontas, aguardando a parte de acabamento, com pontos de eletricidade, pintura e ambientação. Com esses novos equipamentos, o município passará a contar com 22 USFs. Das vinte já existentes, a gestão atual já reformou completamente 08 unidades e, juntamente com a reforma e recuperação do Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa(HMMPAB), vão compondo o conjunto de obras de recuperação da Rede de Saúde do município planejado pela Secretaria de Saúde (Sescab).

20160720_123802[1]

“Estamos usando todos os recursos possíveis na execução desse projeto. Como tudo na Saúde envolve importantes volumes financeiros, temos buscado junto ao Governo Federal, através do MS, os necessários recursos financeiros, ora para construção, ora para recuperação de equipamentos, além do quadro de pessoal. Mas muito tem consumido recursos próprios, de forma reconhecidamente prioritária. É uma tarefa penosa, diante do descaso que encontramos para com a Saúde Municipal, provocado por gestões anteriores. Trata-se de um verdadeiro trabalho de soerguimento e ampliação, em todas as áreas, de nossa infraestrutura hospitalar, materiais, serviços ofertados, qualificação e valorização de pessoal, gestão e controles diversos. E ainda, nos últimos anos, temos enfrentado toda sorte de endemias e epidemias virais, como Dengue, Chikungunya, etc. Mas a equipe segue firme, superando dificuldades, inclusive as limitações financeiras decorrentes da crise econômica brasileira”. diz Jairo Gama, secretário da pasta da Saúde.

20160720_125028[1]

Ainda segundo o secretário, o MS vem impondo alguns sacrifícios ao município no que se refere ao repasse dos recursos do PMAQ, usado inclusive para pagamento de folha de boa parte dos profissionais da Atenção Básica. Tendo o município recebido a última parcela até fevereiro deste ano, vem arcando com recursos próprios, sem atrasos, essas despesas referentes aos últimos meses de março, abril, maio e junho.

Vale ressaltar, por chamar bem a atenção de todos, a qualidade das estruturas das instalações novas e as recém-reformadas. Todas estão recebendo equipamentos novos, ambientação, climatização e estoque de insumos e medicamentos. Por outro lado, desde 2014, importantes serviços foram implantados no município, como mamografia digital, o banco de leite e, finalmente, a adesão aos diversos programas preconizados pelo MS, a exemplo do Projeto Cegonha, dirigido às parturientes e seus bebês, desde o início da gravidez.

20160720_125007[1]

Importa saber ainda, que tudo isso tem sido possível a partir do absoluto controle, por parte da atual gestão municipal, das contas públicas do município, respeitando aspectos fiscais que qualificam o município no pleito e obtenção de indispensáveis recursos federais e adesão a aos diversos programas oficiais.

 





Cabedelo e Odontosesc oferecem atendimento odontológico gratuito

20 07 2016

20160719_120155

A Secretaria de Saúde de Cabedelo(Sescab), através de convênio firmado junto à Fecomércio-PB, informa a realização de mais um serviço odontológico gratuito e de qualidade à população em geral e comerciários do município. A ação teve início nesta terça-feira, 19 de julho e se estenderá até o mês de dezembro de 2016.

Uma Unidade Móvel Odontosesc já está posicionada no pátio em frente à Secretaria de Saúde, no Centro, apta a prestar atendimento odontológico nos procedimentos de obturações, extrações, periodontia, aplicação de flúor, resina e demais orientações aos usuários.

20160719_120032

“Queremos convidar a população cabedelense a receber nosso atendimento de segunda à sexta, das 8h00 às 14h00. Para tanto, pedimos trazer e apresentar o cartão SUS e identidade. Já para os comerciários, pedimos que tragam a Carteira do Comércio atualizada”, convida,  Valquíria Soares, coordenadora do serviço.

Segundo a coordenadora, inicialmente, neste mês de julho, serão recebidos os primeiros 150 usuários. Na sequência, outros interessados serão admitidos à medida que forem sendo finalizados os tratamentos de cada paciente. A medida visa evitar filas de espera e o necessário controle do atendimento.

20160719_121259

“É com alegria que divulgamos mais este serviço à população cabedelense, principalmente aquela parcela mais carente. Através dessa parceria, os cabedelenses recebem gratuitamente mais uma opção de atendimento odontológico de qualidade, a exemplo do que já dispomos em nossas Unidades de Saúde da Família(USF). A ação se estenderá até dezembro de 2016 e muito contribuirá para a melhoria da saúde das famílias cabedelenses”, destacou o secretário da Saúde, Jairo Gama.

Para maiores informações, ligar para (83) 999960186 ou na Sescab pelo número, (83) 3250.3141.





Crise? Em Intermares as obras avançam!

19 07 2016

20160719_072718

Em Intermares, um dos mais aprazíveis bairros do município de Cabedelo, no Estado da Paraíba, a população parece não acreditar no que vê. Apesar da descrença de alguns poucos, avançam as obras de drenagem e pavimentação das principais artérias do bairro. As imagens, de hoje pela manhã, mostram a finalização da segunda base(sub-base), anterior à camada de imprimação, a qual precede o concreto betuminoso(asfalto) na Av. Mar das Arábias. Esta avenida liga a BR230 à Av. Oceano Atlântico(beira-mar), no limite entre os bairros de Intermares e Ponta de Campina. Nesta fase, os serviços incluem aproximados 300m finais da Av. Mar das Antilhas, perpendicular à primeira e que já recebeu asfaltamento em 80% de sua extensão.

É que diante de tamanha crise financeira e econômica por que passam todos os municípios brasileiros, a administração municipal de Cabedelo vem colhendo bons frutos de sua política de austeridade fiscal e controle das contas públicas. Não à toa, em 2015, conforme dados fornecidos pela Caixa Econômica Federal(CEF), Cabedelo foi o segundo município paraibano que mais contratou verbas federais. Um alento, num momento onde o município, igualmente ao que ocorre em todo o Brasil, enfrenta importante queda na arrecadação de receitas diversas. Mas isso só tem sido possível com a contribuição das áreas técnicas envolvidas, sob a responsabilidade e orientação das Secretarias de Infraestrutura(Seinfra) e da Habitação(Sehab), entre outras.

20160719_072835

20160719_072848

“Nossa primeira obrigação tem sido zelar pela qualidade das obras em execução no município e que são muitas. Afinal, envolvem recursos públicos de grande monta, inclusive, em contrapartidas por parte da Prefeitura. De forma que todos os melhores critérios técnicos têm sido observados e fiscalizados por nossa equipe e pelos órgãos financiadores”, esclarece Érika Gusmão, à frente da Seinfra.

A obra de Intermares conta com um investimento de aproximados R$ 10.300.000,00, com a Prefeitura arcando com quase R$ 1,4 milhão, ou seja, 14% do valor total. Ao todo, 43.900m² já receberam obras de drenagem de águas pluviais e, nessa fase final, avança com a pavimentação. Além das duas vias já citadas, a obra está beneficiando também outras duas avenidas: Oceano Pacífico e Oceano Índico. A pavimentação e a drenagem dessas principais artérias irão viabilizar e facilitar os serviços das demais ruas que compõem o bairro, reduzindo os problemas de alagamentos e melhorando sobremaneira o fluxo de trânsito na área.

20160719_072902

Essa como as demais obras já realizadas ou em execução no município veem exigindo grande esforço da área técnica responsável pelos projetos de paisagismo, arquitetônicos e de execução. Principalmente quando financiadas, seus projetos recebem uma infinidade de exigências e detalhamentos referentes às certificações ambientais, financeiras e jurídicas. E é nesse ponto que a administração municipal vem quebrando paradigmas, modernizando-se, agilizando procedimentos e monitorando online prazos e exigências legais dos órgãos de controle, desde que, em dia com suas obrigações fiscais.

“Nossa estratégia tem sido uma constante busca de eficiência em nossos projetos, nos antecipando às exigências legais. Afinal, não seria justo colocar por terra as conquistas fiscais que o município experimenta junto às instituições financeiras e órgãos estaduais e federais. Mas mesmo as obras tocadas com recursos próprios do município recebem o mesmo tratamento, no entanto sem jamais fugir da legalidade”, comenta Rodrigo Martines, secretário de Habitação.

20160719_072924

A população cabedelense há muito se ressentia de reais condições de governabilidade decorrente de irresponsabilidades e desacertos fiscais, falta de crédito e, consequentemente, do recebimento de receitas oriundas de projetos e convênios junto às instâncias federal e estadual.

AGORA, ISSO JÁ MUDOU !





Diesel S10 da Dislub agora será importado através do Porto de Cabedelo

14 07 2016

PortCab

Bom para Cabedelo, bom para a Paraíba e muito bom para a economia do consumidor paraibano. É um alento a informação do Grupo Empresarial Dislub Distribuidora de Combustíveis, que passa a fazer a distribuição do óleo diesel S10 para os estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, a partir de Cabedelo. antes feita exclusivamente através do Porto de Suape, em Pernambuco. Com essa nova operação, o Município de Cabedelo e a Paraíba são reposicionados como importante polo regional de distribuição de combustíveis, além de incrementar suas respectivas receitas operacionais.

Em visita ao secretário Hugo Braga, de Indústria, Comércio e Portos de Cabedelo, na terça-feira, 13 de julho, o gerente geral da Dislub, Sebastião Azevedo, confirmou a chegada na Paraíba, já no próximo dia 18 de julho, do primeiro navio de derivados de petróleo, por importação, através de uma importadora local, no Porto de Cabedelo.

“Finalmente, após seis meses de gestação, ajudando no que foi possível, a confirmação da Dislub traz novo ânimo à economia cabedelense e paraibana. A operação consta da importação mensal da carga de 01 navio de 10 mil toneladas do diesel S10, a ser distribuído na Paraíba e Rio Grande do Norte. Até agora, as receitas operacionais dessa carga ficavam no município de Ipojuca(Suape), em Pernambuco, cujo produto era trazido aos dois estados por transporte rodoviário. A partir da mudança, o faturamento será feito em Cabedelo-PB, com isso gerando localmente essa nova e importante receita de ICMS, entre outras”, disse Hugo Braga.

HugoBraga

Ainda conforme o secretário, a decisão da Dislub levou em consideração a situação estratégica do Porto de Cabedelo quanto à sua localização, bem como o projeto de reforma da infraestrutura das vias do entorno do Porto, que a Gestão Municipal dará início a qualquer momento.

O óleo combustível S10, é um diesel especial destinado ao consumo por parte da frota de veículos de tecnologias mais avançadas da atualidade. A Dislub Distribuidora de Combustíveis já opera no Porto de Cabedelo armazenando e distribuindo gasolina, etanol e diesel comum. Segundo o representante da empresa, com essa nova situação, importando o produto direto dos EUA, haverá maior competitividade de preço e garantia de regularidade de abastecimento de derivados de petróleo na região.

Apesar da crise econômica que assola o país nos últimos anos, impondo aos municípios grandes e pequenos importantes sacrifícios para a manutenção da saúde financeira das contas públicas, notícias como essa trazem a certeza dos acertos administrativos desenvolvidos em Cabedelo. Conseguindo manter em dia seus compromissos financeiros, o município continuamente vem fazendo novos investimentos em infraestrutura, modernização dos controles internos e capacitação de pessoal. Por isso, não à toa, vem obtendo a atenção de vários grupos empresariais de porte que aqui estão se instalando, a bem da economia de todo o Estado.





Saúde de Cabedelo na contramão da crise

7 07 2016

Hospital1

O Conselho Municipal de Saúde de Cabedelo (CMS) realizou mais uma Assembleia Ordinária na manhã da última segunda-feira (04). A reunião, coordenada pelo presidente da entidade, Genésio Ewald, contou com a presença de membros do CMS, representantes da sociedade civil organizada e do secretário de Saúde do município, Jairo Gama.

Na ocasião, foram debatidos avanços e dificuldades enfrentados pela saúde municipal, atendendo às várias demandas da população a nível nacional, como epidemias de Dengue e Gripe A1N1, entre outras políticas públicas de saúde preconizadas pelo Ministério da Saúde(MS).

“Não podemos deixar de exaltar as conquistas recentes em Cabedelo, tanto em infraestrutura como na qualidade e eficácia dos serviços que temos oferecido. Principalmente, quando observamos a situação financeira e da saúde dificílima em que se encontram centenas de municípios brasileiros e da Paraíba, decorrente da crise nacional. Podemos comemorar, apesar do grande esforço de planejamento e controle desprendido, que a Saúde de Cabedelo tem caminhado na contramão da crise financeira que assola o país”, comentou o secretário Jairo Gama.

Hospital2

O secretário enalteceu, ainda, as conquistas no que diz respeito à capacitação e à valorização dos funcionários da saúde. Citou, como exemplo maior, pagamento em dia, até o momento, dos vencimentos do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), com recursos do município, apesar de haver recebido repasses do Ministério da Saúde até fevereiro, apenas.

Por outro lado, apesar da diminuição de recursos federais da ordem de 50%, entre outras reduções de receita, ao longo dos últimos anos, Cabedelo vem experimentando importantes avanços em infraestrutura. O secretário destacou a reforma do Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa, a aquisição do mamógrafo digital, a reforma completa de sete Unidades de Saúde da Família (USF) e a construção de mais duas novas USFs. Além disso, houve a renovação de grande parte dos equipamentos de anestesia, cirúrgicos e de exame de diagnóstico nas várias Unidades de Saúde e da frota de veículos, inclusive com três novas ambulâncias.

usf poço

“Não se pode olhar a situação da Saúde em Cabedelo sem reconhecer as dificuldades do Sistema de Saúde no Brasil como um todo. Mas, sem dúvida, Cabedelo vem dando mostras de como encontrar novos caminhos e alternativas. Quanto ao CMS, temos buscado atuar na fiscalização dos recursos e na forma de aplicação dos mesmos, bem como garantir o máximo de transparência na implementação das várias políticas públicas de saúde do município”, destacou o presidente do Conselho, Genésio Evald,

Presenças – Estiveram presentes à reunião, representantes da Associação dos Moradores de Jardim Manguinhos e da Associação Cabedelense de Saúde Mental Juntos Venceremos, além de usuários do sistema de saúde do município.

“Para nós das comunidades mais carentes do município, não há dúvidas das melhorias que estão acontecendo nas USFs e na qualidade do atendimento e, principalmente, do Hospital Padre Alfredo”, elogiou a presidente da Associação dos Moradores de Jardim Manguinhos, Maria da Glória.





A Rigor, mas todo melado

20 05 2016

download

Quem lê sabe que um dos pilares da Democracia, sabiamente assim postulado, é o princípio da alternância de poder. Bem constatado pela história universal, principalmente, à luz da experiência negativa de nações que pereceram em decorrência de governos longevos, este princípio pretende proteger os países da tirania e corrupção daqueles, seja qual for sua orientação política. Quatro ou cinco anos de mandato presidencial, como é previsto em lei no caso brasileiro, pode parecer pouco. Mas, oito ou até treze anos, como ocorreu com o PT, entre 2002 e 2016, pode ser fatal aos interesses republicanos de uma nação. Isso parece ter ficado muito claro e evidente a todos os brasileiros, diante dos descalabros políticos e econômicos cometidos pelo Lulopetismo, até aqui.

Ante o ocorrido, pensa-se logo em opções de formas de governo a serem adotadas, como medida salvadora. A opção parlamentarista, clamada por alguns sempre que nosso presidencialismo enfrenta alguma crise, poderia sanar alguns males crônicos que assolam nossa política. Oferece, por exemplo, mais facilidade em mudar o governo considerado ineficiente ou sem confiança– não o chefe de estado -, de forma menos traumática, mais rápida e menos custosa. Mas quem poderia garantir que tudo seguiria em mar de brigadeiro caso o Brasil assumisse tal sistema de governo? Afinal, o eleitor seria o mesmo. O Judiciário, também, só pra falar em parte dos atores que operam o sistema político.

A lei permite e o processo de impeachment está em curso, faltando alguns meses até sua conclusão, que resultará na perda definitiva do atual mandato de Dilma Roussef ou na sua recondução ao comando do governo. Traumas, comemorações e críticas à parte, há que se considerar o material humano, politicamente falando, que temos em mãos para repor o país e nossa economia nos trilhos. Afinal, o governo interino que aí está, do PMDB, até poucos meses atrás fazia parte das entranhas do governo Dilma, leia-se lulopetista. Locupletou-se de grande parte das benesses do Poder de então. Defendeu como pôde vários investigados na Lavajato e noutras operações da Polícia Federal, por mais evidentes que se mostrem os delitos. E, agora, é governo – é o jeito!, dizem muitos.

E ainda temos um presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afastado de suas funções pelo STF, acusado de receber milhões de dólares de propina em negociatas da Petrobras; seu substituto legal nesta presidência, Waldir Maranhão, além de aloprado e insano, sendo diariamente hostilizado pelos seu pares, a ponto de não conseguir comandar os trabalhos da Casa, além de ser investigado por vários malfeitos; no Senado Federal, o presidente Renan Calheiros(PMDB), já julgado anos atrás por falta de decoro parlamentar, ocupa o cargo enquanto responde por doze inquéritos criminais; considere-se, ainda, o gigantesco percentual de parlamentares das duas casa legislativas brasileiras que também se defendem na justiça das mais variadas acusações.

Como se sabe, o seio familiar é parte de um retrato do que é a sociedade, onde se lava a roupa suja, inclusive. Pensemos e avaliemos cada fato histórico do momento brasileiro, repletos de repetições do passado mais longínquo – quase uma sina -, untados de toda uma espécie de leniência moral, aplacados por uma quase resignação conveniente de cada um de nós. E ainda teimamos em falar em esquerda e direita, por entre outros fetiches afins.

Portanto, seja Michel Temer ou outro qualquer que tenha que ocupar essa Presidência do Brasil, hoje ou em breve, inevitavelmente, estará belissimamente vestido a Rigor, mas todo melado!…








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.