Carajás inaugura unidade em Cabedelo, fruto de parceria público-privada

17 01 2017
homecentercarajas
O prefeito Leto Viana participa, nesta sexta-feira (13), da inauguração do Grupo Carajás em Cabedelo. O empreendimento chegou à cidade através da  Lei 1.765, assinada pelo gestor no dia 13 de novembro de 2015, e vai gerar cerca de 500 novos empregos diretos e indiretos, além de aquecer a economia e o comércio varejista locais.
A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da doação com encargos, firmou parceria com a empresa para a sua construção. Como contrapartida pela desafetação de área pública, o grupo Carajás ficou responsável pela realização de duas obras na cidade: o muro de arrimo do Parque Turístico do Jacaré e a recuperação da Quadra Poliesportiva do Renascer III, ambas concluídas e que beneficiaram diretamente a população local. 
 
“Nossa gestão é marcada pelos investimentos em prol da cidade e da população. Assim que a Carajás nos procurou com o interesse de instalar uma unidade aqui em Cabedelo, tratamos de providenciar o que fosse necessário para isso, cientes da importância de um empreendimento desse porte para a economia do município. Foi assim com ela e foi assim com as demais empresas que realmente mostraram interesse e apresentaram documentação necessária para fazer parte do município. A Carajás, e todos os grupos que se instalaram em Cabedelo nos últimos quatros anos – e foram muitos – são bem-vindos, engradecem a cidade, geram emprego e renda, movimentam o comércio e, nesse caso específico, ainda beneficiou a população com a realização de importantes obras”, destaca Leto. 
 
O empresário Abílio Neto destacou a visão empreendedora da PMC e a importância de um empreendimento como a Carajás para a cidade. 
 
“Como empresário, nos sentimos muito lisonjeados em sermos recebido numa cidade que tem um progresso a olhos vistos. Vemos isso com muita satisfação, porque se percebe que existe um poder público inteirado com os interesses da comunidade. O país tem passado por situações difíceis, e é importante que o poder público dê as mãos ao poder privado para que se consiga progresso e desenvolvimento, como está acontecendo aqui em Cabedelo. A Carajás vem para engrandecer a cidade, e para oferecer à população local e da grande João Pessoa, uma loja moderna, bem equipada, a maior no segmento na Paraíba”. 
 
Além da Carajás, Cabedelo deve receber, ainda este ano, unidades das empresas Assaí Atacadista e Atacadão Ferreira, além do aguardado Shopping Pátio Intermares. 
 
A unidade – O investimento para a construção da segunda loja do grupo Carajás na Paraíba está estimado em R$ 70 milhões. A empresa já possui unidades em funcionamento nas cidades de Campina Grande, João Pessoa, Maceió e Arapiraca.
 
A unidade Home Center, que será a maior do segmento na Paraíba, ocupará uma área de 32 mil m², com 11.200 mil m² de loja dividida em dois pavimentos. Serão comercializados 55 mil itens, como equipamentos eletroeletrônicos, utilidades, pisos, revestimentos, tintas, material elétrico, móveis e artigos para casa. A loja ainda terá um conceito mais completo e moderno, com esteiras rolantes, elevadores e restaurante.
 
A unidade da Carajás em Cabedelo introduz uma nova concepção em termos de projeto de loja. O prédio ocupará uma área de aproximadamente 35 mil m², contendo uma loja com 11. 500 m² e um estacionamento com 300 a 400 vagas. Será a segunda unidade do grupo na Paraíba sob o conceito de loja combo.
 
Fonte: Secom Cabedelo




Praia do Jacaré sedia Feira Gastronômica Vegetariana neste fim de semana

17 01 2017

 

veg_verao

Durante três dias, Cabedelo vai receber a maior feira de gastronomia vegetariana da Paraíba. O Veg Verão acontece nos dias 20, 21 e 22, das 15h às 19h, na Praia do Jacaré. O evento, que é aberto ao público, é uma promoção da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), através da Associação dos Artesãos e Comerciantes da Praia do Jacaré (AACPJ), e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC).

O objetivo geral do projeto é ampliar as opções alimentares dos frequentadores da Praia do Jacaré e incentivar mercados locais que trabalham com culinária vegetariana. A iniciativa visa atingir tanto a comunidade já adepta do vegetarianismo e veganismo, como todo e qualquer público que almeja conhecer e vivenciar experiências relacionadas a essa opção alimentar e filosofia de vida.

“Considerando a importância turística da praia do Jacaré, principalmente durante o verão, trouxemos essa Feira para movimentar ainda mais o espaço. A ideia do projeto é atingir não só a população local como também turistas que podem disseminar as potencialidades gastronômicas de nossa região”, destaca o presidente da AACPJ, Juarez Maciel.

A estrutura do Veg Verão contará com 15 stands, sendo um deles um foodtruck. Todos os participantes da feira são da Paraíba e trabalham com a alimentação vegetariana. Serão montadas duas tendas para acomodar os stands na área da feirinha do Jacaré.

Para mais informações, a SVB disponibiliza  os telefones (83) 9 9127.7909 ou (83)9 9109. 0770.

Fonte: Secom – Cabedelo





Leto Viana e Flávio de Oliveira são diplomados pelo TRE em Cabedelo-PB

15 12 2016

diplomacao_leto-2

O prefeito e vice-prefeito eleitos em Cabedelo, Leto Viana (PRP) e Flávio Oliveira (PRP), foram diplomados na sexta-feira, dia 9 de fevereiro, pelo juiz Eleitoral da 57ª Zona de Cabedelo, Kéops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires. A solenidade, que aconteceu no Lovina Tropical Bar e Restaurante, também marcou a entrega dos diplomas aos 15 vereadores eleitos, bem como aos seus suplentes.

O evento contou com apresentações do Coral do Unipê e do Coral de alunos da Escola Estadual João Roberto Borges de Souza. A mesa solene foi composta pelo prefeito Leto Viana; pelo Juiz Kéops de Vasconcelos; pelo promotor eleitoral de Cabedelo, Rogério Rodrigues Lucas de Oliveira; pelo capitão da 6ª Cia Independente de Polícia Militar, Rodrigues Neves; e pelo deputado estadual Arthur Cunha Lima Filho (PRTB), representante da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Durante seu discurso, Leto exaltou o trabalho da Justiça Eleitoral durante as eleições de outubro em Cabedelo, agradeceu ao seu partido, o PRP, e reafirmou seu compromisso de trabalhar pelos cabedelenses.

“Como prefeito eleito de Cabedelo, tenho como obrigação trabalhar em prol da coletividade. Ao lado do amigo Flávio de Oliveira, com quem terei a honra de dividir esse novo mandato, vamos manter nosso compromisso com a cidade, atuando de forma responsável e legal. Em pouco mais de três anos, conseguimos o controle da receita e despesa do município, colocando Cabedelo novamente nos eixos, em respeito ao seu povo. Vamos continuar nesse caminho, construindo uma cidade cada vez mais desenvolvida e próspera, que orgulha quem nela vive e trabalha. Deus me permitiu continuar sendo prefeito de Cabedelo. E vou honrar esse compromisso com muita verdade e retidão”, disse.

diplomacao_leto-1

O juiz Kéops Vasconcelos destacou a tranquilidade do pleito eleitoral em Cabedelo, e ressaltou que o compromisso maior dos gestores deve ser atuar de forma responsável e dentro da lei.

“As eleições em Cabedelo foram uma das mais tranquilas e organizadas da Paraíba. Esperamos que os mandatos do prefeito, vice-prefeito e vereadores aqui diplomados sejam igualmente tranquilos e organizados, e que exerçam suas posições de forma a honrar, respeitar e atender às expectativas da população”.

A vereadora mais votada na cidade, com 2.255 votos, Jacqueline Monteiro (PRP), discursou em nome de todos os eleitos para representar a população na Câmara Municipal. Jacqueline destacou, em seu pronunciamento, o compromisso de todos os eleitos em trabalhar pelo povo de Cabedelo, e que é deles o mandato de cada um.

“Esses mandatos quem nos deu foi o povo, e é a este povo que devemos servir, colocando em primeiro lugar os interesses coletivos e não nossos interesses pessoais. Esse será o melhor agradecimento que podemos fazer aos eleitores que em nós acreditaram, que em nós depositaram a sua confiança. A Câmara de Vereadores nos atribui direitos, mas, principalmente deveres. Acompanharemos o trabalho do poder executivo, legislando, fiscalizando e colaborando para o desenvolvimento do município”, disse.

Leto Viana venceu as eleições municipais com 15.901 votos, o que equivalente a 48,30% dos votos válidos. Ele disputou o pleito com os candidatos Eneide Régis (PDT), Marcos Patrício (PSOL), Ivan da Seaport (PC do B) e Paulo Nogueira (PTN).

Fonte: Secom – Cabedelo





MPF requisita instauração de inquérito policial para apurar incêndio em manguezal em Cabedelo-PB

5 12 2016

 

incendio-mangue

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF/PB) requisitou à Polícia Federal (PF) a instauração de inquérito para apurar possível crime ambiental decorrente de provocação de incêndio em vegetação de mangue às margens do rio Jaguaribe, área considerada de preservação permanente. A requisição será enviada à PF nesta sexta-feira, 2 de dezembro.

A denúncia chegou ao MPF a partir de termo de vistoria encaminhado pela Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura do Município de Cabedelo. Conforme a vistoria, em 14 de outubro de 2016, por volta das 16h30, o Corpo de Bombeiros de Cabedelo foi acionado pelos moradores da rua Maria Amélia de Oliveira para conter um incêndio que acabara de iniciar na localidade.

A área afetada pelo incêndio está localizada nas proximidades da foz do Jaguaribe, região em que já se encontra homologada a linha de preamar relevante para identificação dos imóveis de marinha e acrescidos.

No material enviado pelo MPF à Polícia Federal, consta um CD com imagens captadas por câmera de segurança nas quais aparece um indivíduo saindo do local do incêndio poucos minutos antes do início do fogo.

De acordo com o artigo 41 da Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998 (lei de crimes ambientais), provocar incêndio em mata ou floresta é crime passível de reclusão, de dois a quatro anos, e multa.

Segundo o procurador da República José Guilherme Ferraz, trata-se de um caso grave de lesão a ecossistema sensível, componente do pouco que resta da vegetação de manguezal que protege o rio Jaguaribe naquela região. “O MPF conclama qualquer cidadão que tenha informações que possam contribuir para elucidar a autoria dessa conduta, a dirigir-se à sede do Ministério Público Federal, em João Pessoa, para prestar informações, sendo, inclusive, resguardado o sigilo sobre a identidade do informante”, garante o procurador.

Ainda conforme o procurador, se alguém está pretendendo suprimir o manguezal para construir clandestinamente no local terá o resultado contrário, pois “a área será objeto de máxima vigilância pela força-tarefa coordenada pelo MPF para implementar ações de preservação do rio Jaguaribe e entorno”, alertou Guilherme Ferraz.

mata-de-cabedelo

 

Fonte: Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República na Paraíba





Cabedelo faz bonito no 6º Festival de Turismo de João Pessoa

24 10 2016

Prefeitura Municipal apresenta atrativos e estrutura turística de Cabedelo no 6º Festival de Turismo de João Pessoa

feira_turismo_jpa_cabedelo1

A cidade de Cabedelo, no Litoral Norte Paraibano participou, nesse fim de semana, da 6° edição do Festival de Turismo de João Pessoa, que aconteceu no Centro de Convenções. Um stand foi montado no evento, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), promovendo a divulgação de pontos turísticos da cidade, opções de pousadas, gastronomia e artesanato locais.

Durante a feira, ainda houve exposição de peças produzidas por artesãs cabedelenses, por meio do programa Ondinas Cabedelo, que promove e incentiva o artesanato local, um dos mais exitosos programas municipais de emprego e renda.

O Festival de Turismo de João Pessoa é um dos seis eventos patrocinados pelo Ministério do Turismo no Brasil, e promove a divulgação de roteiros turísticos no mercado nordestino. O evento, voltado apenas para profissionais do turismo, é a maior referência entre os agentes de viagem do nordeste e tem apresentado a cada edição novos expositores interessados em comercializar seus produtos.

Para a secretária de Turismo, Jamile Queiroz, participar do Festival possibilita maior visibilidade para o município de Cabedelo, que detém pontos turísticos importantes na Paraíba, a exemplo do Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha, Pôr-do-sol de Jacaré e a Fortaleza de Santa Catarina.

“A Prefeitura nos possibilitou a participação, pela primeira vez, com um stand próprio para fortalecer a divulgação e a promoção do turismo no nosso município. Aqui, apresentamos além dos pontos turísticos da cidade, os meios de hospedagem e alimentação, mostrando aos agentes que estamos preparados para receber e acomodar nossos visitantes”, destacou.

Dentre as ações que vêm sendo realizadas para fomentar ainda mais o turismo local, estão a reforma e recuperação do Parque Turístico do Jacaré e a revitalização das ruínas do Almagre, em Ponta de Campina.

feira_turismo_jpa_cabedelo

 

Cabedelo faz parte da Região Metropolitana de João Pessoa, e fica situada ao norte da Capital. É reconhecida como um dos principais roteiros de praia da região e internacionalmente para a prática de kite surf. Banhada pelo Oceano Atlântico à leste e pelas águas do Rio Paraíba à oeste, oferece condições ideais para passeios náuticos a motor e vela, oferecendo toda estrutura e suporte de marinas e assistência técnica.

A cidade portuária, através da atual gestão, vem recebendo inúmeros investimentos em infraestrutura visando requalificar as áreas de recepção ao turista e veranistas que a visitam oriundos de todos os recantos do Interior do Estado.

Fonte: Secom – Cabedelo

 

 





Fórum discute relação entre nutrição e câncer de mama durante o Outubro Rosa em Cabedelo-PB

19 10 2016

x-dicas-para-evitar-cancer-de-mama-575x383

“Tive câncer de mama, mas, graças a Deus, já estou curada. É difícil quando a gente descobre. É muito difícil a dor. A gente acha que acabou tudo, que não tem mais como trabalhar. Um mês depois que eu estava sendo acompanhada, comecei a entender que era só uma doença que tem remédio e tem jeito. Quando descobri, através do autoexame, fui correndo ao postinho que ficava perto de minha casa e, naquele dia mesmo, a médica que me atendeu descobriu que era um nódulo que precisava dos exames e tudo, a partir daí, foi só exames, tratamento e querer viver”.

O depoimento acima é da cabeleireira Gilvândia Lucia Soares, e emocionou a todos os presentes no Cabedelo Clube nesta terça-feira (19), por ocasião do III Fórum Outubro Rosa, realizado pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM). Sob o tema “Nutrição e prevenção juntas contra o câncer de mama”, o evento fez parte da programação do mês destinado a promover a conscientização para a prevenção da doença em toda a Cabedelo.

O público formado por autoridades, funcionários, estudantes e população teve a oportunidade de debater a questão central do Fórum a partir da palestra proferida pela professora do Departamento de Nutrição da UFPB, Pâmela Rodrigues Martins Lins. O evento também contou com a presença de mulheres que venceram o câncer de mama, a exemplo de Gilvânia. Ela e outras doze “sobreviventes” desfilaram peças confeccionadas pelas artesãs do projeto Ondinas Cabedelo, e expuseram sua luta e vitória contra a doença.

“A realização do III Fórum é bastante importante para o município, porque é o momento de chamamento, de alerta para a problemática do câncer de mama. A partir do momento em que se alerta a população para a prática do autoexame, por exemplo, estamos investindo na prevenção, sobretudo quando temos em mente o diagnóstico precoce, que aumenta consideravelmente as chances de cura”, comentou a secretária da Mulher, Mônica Pimentel.

A temática do Fórum constituiu-se em uma novidade. Diferente das edições anteriores, em que a palestra central ficava a cargo de uma mastologista, o foco deste ano foi para a nutrição e a importância da alimentação saudável para a prevenção do câncer. Para a professora Pâmela Rodrigues, a realização do Fórum, além da felicidade de discutir uma temática bastante contemporânea, demonstra uma preocupação com a saúde de base no município.

“A nutrição na prevenção do câncer é uma temática bem discutida hoje em dia, diante da importância da alimentação saudável na prevenção de diversas doenças. E o câncer de mama, em especial, é um câncer bem estigmatizante na população feminina. Prevenir essa doença é bem importante para melhorar a autoestima da mulher, para manter uma saúde completa e plena. Em todos esses aspectos, a nutrição participa tanto na prevenção como também na melhora do tratamento e no resultado do pós-tratamento quimioterápico, radioterápico ou cirúrgico. A alimentação é a coisa mais básica que temos, então um Fórum municipal que levanta esse questionamento, realçando essa importância para a população como um todo, visa realmente a promoção da saúde. Acho extremamente importante que outros eventos como esse sejam realizados em outros grupos populacionais”, destacou.

Outubro Rosa – O Outubro Rosa é uma promoção da Secretaria de Saúde de Cabedelo, e constitui uma campanha integrada para a conscientização da população para os riscos do câncer de mama e da importância da prevenção através do autoexame, realização de mamografia e o cultivo de hábitos alimentares saudáveis. Durante todo o mês, os serviços de saúde são mobilizados, com ações e palestras relativas à prevenção do câncer de mama.

A atenção à saúde das mulheres em Cabedelo envolve toda a rede de atenção básica e especializada. Nos 20 Postos de Saúde da Família (PSF’s) da rede são ofertados apoio nutricional, atividades físicas, atendimento de prevenção do câncer de colo do útero, coleta de exame citopatológico, exame clínico das mamas, palestras de prevenção e conscientização, planejamento familiar, pré-natal, consulta puerperal, atendimento com ginecologista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf).

A Policlínica conta com o mamógrafo e profissionais especializados (Ginecologista e Mastologista) para atender a demanda, pré-natal de alto risco, exame de ultrassonografia e colposcopia. No Anexo, a população tem acesso a consulta de mastologia, ginecologia e pré-natal de alto risco.

Já no Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMMPAB), que passou por reforma em 2015, é feito o apoio às mães, teste do pezinho e da orelhinha para os recém-nascidos, atendimento de urgência em ginecologia, obstetrícia, parto, cirurgia de laqueadura e planejamento familiar.

images





Prisioneiros e míopes II

13 10 2016

presidiolotado

Em setembro de 2009 eu iniciava este blog e me aventurava em temas por vezes complexos, porém, de alguma importância geral. Não raro, escrevia sobre notícias e assuntos que ocupavam a grande mídia. Numa dessas abordagens publiquei aqui um rápido texto, mais uma reflexão a respeito do sistema prisional brasileiro, onde se discutia a necessidade de construção de presídios de segurança máxima. Transcrevo abaixo aquele conteúdo e seu link, cujo texto recebeu o título “Prisioneiros e míopes”… Link: http://wp.me/pBrmj-11

“No início dessa década, ocupou espaço na mídia e na política nacional o assunto das Prisões de Segurança Máxima, propostas pelo Ministério da Justiça, discutido de norte a sul, falando, entre justificativas e projeções, em cifras BILIONÁRIAS. Falou-se muito na pré-falência do sistema penitenciário brasileiro – um fato incontestável. Eu dizia a amigos e gritava pra mim mesmo: só funcionará se, para cada real aplicado em prisões, outros dois reais forem usados na educação de base. Fora isso, daqui a oito ou dez anos, as novas prisões estarão obsoletas e o problema agravado.

Será que eu vi errado ou gritei pouco?”

Texto de hoje:

Bem, passaram-se 07 anos – quase uma década -, e as coisas não parecem ter melhorado, apesar da construção de alguns desses presídios pelo País afora. Continua latejando na sociedade a superlotação nos presídios, um contingente de milhares de mandados de prisão por ser cumpridos por falta de vagas e a sensação de que a Justiça já vai tarde.

A notícia atual refere-se ao desejo do atual presidente Michel Temer de endurecer as regras para liberação de presos condenados por corrupção ou crimes violentos, o que parece sensato e justo. Mas, também, a discussão tem esbarrado justamente no problema do deficit prisional, na carência de vagas no sistema, entre outras mazelas. Logo, logo, veremos algum esperto, do governo ou não, anunciando incentivos governamentais para construção e operacionalização de presídios, decorrente das agruras impostas pela famigerada crise econômica que atinge o Brasil.

E quanto à Educação, o que foi feito dela? A meu ver, vergonhosamente, piorou e muito!, tal como nos mostram os vários indicativos oficiais largamente demonstrados ao nosso povo, refém dessas mentes brilhantes que nos governam há décadas. Talvez, agora já não bastem os dois reais para a Educação para cada um real gasto com presídios, como desejei sete anos atrás. Multipliquemos algumas vezes esse valor e talvez, apenas talvez, mudemos essa realidade.

Décadas atrás, um estudioso do assunto Segurança Pública dizia, a meu ver com alguma propriedade, que quando tudo o mais, todo o aparato social, como família, escola, mercado de trabalho, economia, igreja, entre outros, já havia falhado, eis que se esperava dos órgãos de segurança a solução do problema da delinquência, do crime, por entre tráfico e o consumo de drogas. Nada diferente de hoje. E por aí vai…

Sem Educação essa conta jamais fechará…